A PNL não é ciência, mas a verdade é que funciona!

Se já ouviu fala em Programação Neurolinguística certamente terá questões e curiosidades.

Gostaria de saber quais os benefícios da PNL? Será possível alterar Neurologicamente a forma como nos programamos?

Co-criada por Richard Bandler e John Grinder , nos inícios da década de 70, a PNL investigou a resposta à questão:” o que fazem e como fazem, aqueles que fazem bem as coisas? “.

Regularmente aplico estratégias e ferramentas linguísticas e experiências de PNL, nas consultas de Coaching e nada melhor para validar uma não ciência do que os resultados que têm sido visíveis e partilhados, pelas pessoas que apostam numa abordagem diferente.

Gostaria de poder controlar os seus pensamentos?

“Eu controlo a minha mente logo os meus resultados”

A habilidade de pensar é uma parte essencial do ser humano. No entanto várias pessoas recorrem a ajuda por sentirem que o seu pensamento não é propriamente o mais positivo. O nosso pensamento resulta de um processo de transferência de informação que foi adquirido e organizado conscientemente em áreas do nosso inconsciente. Uma vez armazenadas, as aprendizagens ficam disponíveis mas já não temos que pensar nelas, surgem como espontaneamente. Quando escrevemos num computador temos controlo consciente no ecrã mas não no processo de back-office que o processa. Na nossa mente algo idêntico acontece.

Com a PNL podemos ajudar pessoas, principalmente as que tendem a pensar negativo, a perceber os padrões não visíveis do seu sistema de pensamento e ajuda-las a induzir pensamentos mais possibilitadores.

Gostaria de alterar comportamentos indesejados?

“As pessoas não são o seu comportamento, aceita a pessoa muda o comportamento”

Recentemente uma senhora procurou ajuda pois estava a beber muito e a esse comportamento tinha associada uma atitude agressiva e violenta. Os amigos começaram a afastar-se dela e a chama-la à atenção.

Através de alguns exercícios e dinâmicas de PNL, foi possível ela entender porque fazia aquilo que fazia e melhor que isso decidir que novo comportamento gostaria de ter ao invés desse. Neste momento continua a beber (água e sumos naturais) e os seus amigos já notaram progressos.

Seria interessante ter domínio dos seus estados emocionais?

“As nossas emoções dominantes são a nossa vida”

Uma jovem procurou ajuda por se estar a sentir muito deprimida e ansiosa. Em consequência desse estado emocional, chorava imenso e rapidamente percebeu que estava a abalar a sua auto-estima.

Sendo as nossas emoções consequência directa da forma, como pensamos e usamos a nossa fisiologia, e depois de aprender como controlar e usar a seu favor estas duas áreas, esta jovem rapidamente começou a gostar mais de si, a valorizar-se e conseguir evocar sempre que necessário emoções desejadas.

Que impacto teria na sua vida alterar algumas das suas crenças limitadoras adquiridas?

“Não existe fracasso apenas retorno útil para aprendizagens!”

Várias pessoas deixaram de acreditar em si e no seu potencial. Dizem regularmente “eu não consigo”; “tento mas é muito difícil”; “vai ser impossível”, em consequência de experiências negativas do passado. Ao termos este tipo de crenças estamos a limitar fortemente a libertação dos nossos recursos e a validar este ciclo.

A PNL tem estratégias linguísticas e representacionais que permitem ajudar a pessoa a criar um novo cenário mental e a ressignificar as suas crenças tornando-as mais possibilitadoras.

Quando aceitamos estes pressupostos, tomamos consciência das nossas limitações e escolhemos avançar num plano de progressão e crescimento, sem dúvida que a PNL é um excelente reforço, e os resultados muito sólidos e imediatos.

A PNL não é ciência, mas a verdade é que funciona!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *