O anti stress dos atrasados!

Se é daquelas pessoas que costuma stressar no trânsito ou quando antecipa que vai chegar atrasado vai adorar ler este texto. Chegar atrasada, ou melhor antecipa-lo, era um dos meus maiores fatores de stress no passado. O trânsito; estar a falar com alguém e demorar mais do que o previsto; um imprevisto; depender de terceiros relaxados com o tempo, eram alguns dos exemplos que me induziam ansiedade e me punham o sistema nervoso “miudinho”!

Felizmente, estou “curada” deste fator de stress negativo e melhor ainda, desenvolvi um mini-método para lidar com estes fatores de forma deveras eficaz e que partilho para que experimentem. Acredito que se vão lembrar dele, pois sendo um acrónimo curioso, deu asas á criação de uma regra engraçada:

Ou usas o PIFO ou és bem capaz de pifar!

P – Pensamento negativo

Toda a origem das nossas emoções esta associada a um pensamento que quando negativo, tende a induzir emoções negativas, no fundo esta ligado ao facto de “mergulharmos” nos problemas e anteciparmos as suas consequências. Já parou para pensar no que lhe vai na alma quando está numa fila de trânsito e tem um compromisso?: “vou chegar atrasado”; “com este trânsito nunca mais me safo”; “não tenho sorte nenhuma”; “porque não saí mais cedo?”

I – Intenção positiva

Uma boa forma de alterar a reação natural ao estímulo é orientarmos o nosso pensamento para aquilo que realmente queremos e para isso é importante fazer boas perguntas. Como me quero sentir para lidar melhor com esta situação? Qual é a minha intenção positiva?
Provavelmente será chegar a horas e sentir-me bem independentemente do contexto.

F – Foco na solução

Quando me começo a focar na intenção positiva ao invés do problema começa a ficar fácil antecipar soluções. Se vir que realmente corro o risco de chegar atrasada, que tal fazer uma chamada para avisar; e se vou ter que ficar no trânsito algum tempo que tal por aquela música especial e cantar enquanto espero; e porque não rentabilizar o tempo e se tiver auricular aproveitar para fazer umas chamadas. E que tal ligar o rádio para procurar informação de como esta o trânsito e ouvir possíveis alternativas ao caminho escolhido.

O – Oportunidade de melhoria

Tudo na vida é sempre uma oportunidade de melhoria. O que posso aprender com esta situação e fazer diferente numa próxima vez? Quantas vezes é que já me aconteceu esta situação e o que posso fazer para evita-la no futuro? Esta etapa tem a ver com a minha capacidade de retirar uma aprendizagem, e de usar as soluções não como uma forma pontual de superação de um obstáculo mas como uma integração e uma mudança positiva para o futuro.

Espero que esta simples mensagem sirva de metáfora inspiradora para usarem em várias áreas “stressantes” das vossas vidas mas acima de tudo que vos ajude a não “pifar” com estímulos indesejáveis.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *