Este ano eu vou ser bem comportada – hábitos para que vos quero!

Ter bons hábitos pode fazer toda a diferença na nossa vida, é como dar ao nosso comportamento as diretrizes para o sucesso mas em modo piloto automático, facilitando o alcance dos nossos objetivos. De nada vale intencionarmos objetivos (o que quase todos os anos, quase toda a gente faz) se depois não tivermos uma estrutura sólida para sustentar a ação.

Partilho hoje convosco como iniciei o ano a planear o sucesso do mesmo:

  • comece por decidir que hábitos que implementar.
  • depois analise os passos para torna-los positivos e sólidos.

Aí sim estará pronto para agir em função dos seus objetivos. Qualquer novo objetivo será mais facilmente alcançável se associado a um ou mais novos hábitos que o suportem.

Passo 1 – Acredite que consegue construir novos hábitos

Como muitas vezes no passado já tentamos e falhamos, estilo fazer dieta, treinar mais, acordar mais cedo, etc; esta é a altura ideal para fazer “reset” e começar de novo a acreditar que é possível mudar esses hábitos. Ao invés de acreditar que nunca vai conseguir, que é algo genético e que só alguns tem esse dom; passe a acreditar que com a estratégia certa todas as pessoas são capazes de mudar os seus hábitos.

Passo 2 – Não tem que mudar rápido, só tem que começar pequeno

Muitos de nós inspirados pelo inicio de um novo ano, lançamos mudanças demasiado grandes para as podermos sustentar. Nunca meditei e agora vou meditar 30 minutos todos os dias. O ideal é começar com 2 minutos 3 vezes por semana e ir subindo a fasquia. A probabilidade de ter sucesso, de se superar e se auto motivar é muito maior.

Passo 3 – Escolha mudanças específicas

Enquanto coach muitas vezes tenho clientes que querem reduzir o seu peso e decidem que vão mudar a sua alimentação para melhor; outros querem ser mais felizes e dizem que vão fazer coisas mais positivas. Não é específico, gente! Específico é dizer, vou andar com uma garrafa de água sempre cheia no carro e no escritório para beber 2lt dia; e vou escrever frases positivas e colar em locais visíveis e 1x semana estar com as pessoas que me fazem sentir feliz. Isto sim é específico, o que vai facilitar a ação, e quanto mais repetir a ação mais depressa ela se tornará um hábito.

Passo 4 – Crie um hábito de cada vez

Alterar um comportamento requer força de vontade e força de vontade é um recurso limitado. O ideal é desenhar um hábito de cada vez, até estar integrado, ou seja, até acontecer de forma espontânea sem ter que gastar muita energia nele. Ai sim está pronto para um novo hábito.
No último ano, desenhei o hábito de deixar de beber refrigerantes (faz hoje 8 meses que não bebo e não sinto falta pois naturalmente bebo água – objetivo cumprido)

Neste artigo partilhamos consigo 4 dos 8 passos que facilitam e sustentam novos hábitos, na próxima semana apresentamos os outros 4 que baseados em estratégias de programação neurolinguistica o vão ajudar a reforça-los ainda mais.

Que novo hábito vai por em prática para experimentar estas estratégias? Partilhe connosco…..

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *