Elabore a sua lista do SIM Incondicional !!!

Para algumas pessoas, senão todas, o seu tempo e a sua energia são dois dos recursos mais valiosos, por vezes escassos e irrecuperáveis. Poder decidir intencionalmente em que queremos usar o nosso tempo e energia é uma excelente forma de descomplicar a nossa vida.

Pois bem, para desenharmos esta lista é necessário refletir sobre os seguintes passos:

1- Quais são as minhas principais prioridades?

Onde quero investir mais neste momento? Na minha saúde física, na emocional, no meu crescimento pessoal, na carreira, novos projetos, etc? No fundo é identificar as áreas da sua vida que necessitam de mais atenção no momento atual.

2- Quais as principais prioridades em cada área?

Dentro de cada uma das áreas anteriores identifique as principais prioridades e reduza a sua lista a 7 tópicos (caso tenha mais do que esse número). No fundo é identificar quais são as 7 coisas onde quer colocar a sua atenção e dedicar o seu tempo nos próximos 6 meses como itens “não negociáveis” dada a sua importância neste momento.

3- Está incluído na lista?

Muitas vezes ao fazer este tipo de exercícios esquecemos de nos incluir a nós, o que normalmente chamo de “me time”. Por isso se na sua lista ainda não tem tempo para si, inclua agora esse tópico. Não interessa a quantidade de tempo desde que o aproveite de forma qualificada, fazer o que gosta e o que a faz sentir bem!

4- Recorra à sua lista sempre que precisar de tomar decisões!

Esta lista vai funcionar um pouco como orientador de prioridades e escolhas, principalmente para quem tende a ter dificuldade de dizer não. Se é o seu caso, não se apoquente, para a semana vou partilhar com vocês a lista do “Não” Incondicional !!!

A Lista do SIM Incondicional é uma poderosa e simples ferramenta que vai ajuda-lo a elevar gradualmente os seus níveis de exigência em relação ao que deve ou não fazer, ao que faz mais sentido neste momento para si. Faça ainda hoje a sua lista, coloque-a num cartão e ande com ela para se lembrar do que realmente importa pois no meio da confusão da vida, ás vezes esquecemos o que “realmente importa”!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *