3 Mudanças positivas para revolucionar os seus resultados

Certamente já ouviu a expressão: “a forma como vivemos os nossos dias é a forma como vivemos a nossa vida!” Pois por muito que se deseje a vida não muda do dia para a noite, apesar que muitas vezes o desejamos, e normalmente quando acontece tende a ser pela negativa e em consequência de imprevisibilidades.

Gosto de intencionar as mudanças da minha vida, faz-me sentir mais em controlo da mesma, mais focada e acima de tudo mais motivada pelo futuro que “desenho” e é algo que faço com regularidade! Se considerarmos os desafios de tempo (a maior parte das vezes escasso para estas coisas), de recursos emocionais (motivação, vontade, energia), recursos financeiros (quem não gostaria de poder investir num bom curso, num programa de Coaching) e até mesmo de recursos mentais (nem todos temos os mesmos conhecimentos e ferramentas) são poucas as pessoas que conseguem faze-lo sempre que gostariam.

Por outro lado às vezes num apelo de mudança, fazemos pequenas alterações quase sem pensar muito, acreditando que pouco retorno iremos ter delas, mas são destas pequenas mudanças que por vezes surgem os grandes resultados. Tal como um avião que muda um milímetro na sua rota inicial, jamais chegará ao mesmo destino; também nós com as nossas pequenas mudanças jamais produziremos os mesmos resultados.

1- As pequenas mudanças também contam

Os nutricionistas dizem que com apenas a redução de 250 calorias por dia podemos revolucionar num ano os nossos resultados físicos. Se a isso juntarmos outros detalhes, como a prática de atividade física regular e uma boa gestão alimentar sem dietas loucas exponenciamos os resultados.

O mesmo acontece na área financeira. De acordo com o “Money Mag’s milionaire Calculator” mais fácil que ganhar a lotaria é começar hoje a poupar 5€ por dia durante os próximos 40 anos (e assim até antecipa uma reforma segura).

Resumindo, pôr de lado uma pequena quantia de dinheiro e evitar 2 bolachas por dia é um simples ato que poucas pessoas executam mas que revolucionaria os seus resultados.

2- A maneira como escolhemos, definimos e perseguimos os nossos objetivos também contam

É daqueles que defini grandes mudanças para um curto espaço de tempo ou pequenas mudanças por um período de tempo continuado? Quem opta pela primeira opção lida normalmente com maiores níveis de frustração, incapacidade, procrastinação e insucesso. Por isso apesar de ajudar os meus clientes de Coaching a definirem metas a 5, 10 e 20 anos tenho sempre um exercício que revoluciona os seus resultados de forma muito poderosa e chama-se “O Meu Dia Ideal!” que vos desafio a experimentar dados os benefícios. É um método muito mais realista, que muda o seu foco do ganho de curto prazo radical, para um resultado mais consistente e efetivo a longo prazo.

Então como funciona este exercício: simples, acomode-se confortavelmente num sítio agradável e responda á seguinte pergunta: “Como quero que seja o meu dia para o designar de perfeito?” e descreva os vários itens que possam ser relevantes para uma mudança de hábitos consistente:

-a que horas me quero levantar, que rituais quero ter ao longo do dia, quero ter tempo para ler, para estar com os meus amigos e família; no meu dia perfeito entram mudanças alimentares (fazer uma refeição com calma, tomar um bom pequeno almoço) entra tempo para hobbies e lazer (fazer atividade física, meditar, dar uma caminhada).

Imaginando um dia que se vai repetir (fora exceções) o que gostaria de ter presente nas suas rotinas diárias? No fundo predisponha-se a instalar novos hábitos e a refletir um pouco sobre “a roda do rato” onde a correr nos últimos tempos mudando o que não o ajuda a chegar onde quer e a sentir o que deseja.

3- O tamanho da mudança também conta

Comece com coisas simples, que não impliquem grandes e radicais mudanças, tudo o que for demasiado ambicioso dificulta a consistência e aumenta a probabilidade de erro. Ao invés de alterar toda a alimentação, defina planos de mudança de 30 dias (30 dias a tomar café sem açucar; 30 dias sem beber refrigerantes, 30 dias sem fritos). Ao invés de dizer que vai estar todos os dias 2h com a sua família, principalmente se isso for pouco credível, escolha mini metas (todos os dias vou ler uma historia aos meus filhos, no final do jantar partilho um chá com a minha companheira/o).

Não queira correr uma maratona sem antes ter a certeza que consegue correr!

A minha crença é que todos temos o mesmo potencial de tempo, de motivação e de determinação para fazer pequenas mudanças de 30 dias. Cada conquista abre-nos portas para uma nova etapa e isso faz nos evoluir e crescer com a validação do sucesso. Uma forma simples e extremamente eficaz de revolucionar os seus resultados sem ter que revolucionar a sua vida. E porquê? Porque….

A forma como vivemos os nossos dias é a forma como vivemos as nossas vidas!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *