Em 2017 vou viver a 100% todos os dias!

Ao parar para analisar 2016, percebi que tinha tido um ano difícil, não propriamente negativo mas “estranho”. Muitas coisas positivas aconteceram, e até algumas realizações pessoais e profissionais, houve viagens, houve crescimento e aprendizagem mas “estranhamente” não o senti como um bom ano.

Sabem aquelas pessoas que procuram ajudam e que a primeira coisa que dizem é: “sabe eu tenho tudo para ser feliz mas há qualquer coisa que enfim…pode me ajudar?”

Desafios a mais bloqueiam, desafios a menos também! Desafios em excesso desgastam, colocam-nos numa luta permanente que quando termina parece um fim de uma maratona, não apetece nem dar mais um passo. Desafios a menos é como ir sempre ao mesmo restaurante e comer o mesmo prato e saber que até é bom mas vai ser sempre aquilo, acaba por entediar e desmotivar. Foi mais ou menos isto que aconteceu em 2016.

Por isso, percebi que o maior desafio, não foi 2016 mas sim o ano que vai entrar, em como manter as conquistas ganhas, definir novas metas e ambições, continuar a sonhar com paixão e quem sabe, “correr menos e mudar de restaurante”!

Percebi também que não são as resoluções de dia 31, nem aquelas que se consegue aguentar durante o mês de Janeiro, que vão mudar a nossa vida, são as que vai manter e transformar num novo estilo de vida.

Também tenho os meus desafios e por vezes também bloqueio, mas a grande distinção é que tendo recursos ativos, bloqueio e fico triste meio dia ao invés de 1 semana, procuro ajuda ao invés de me lamentar e hoje quero partilhar com vocês 2 coisas que fiz para garantir que 2017 vai ser um ano a 100% (e que espero também façam).

1 – Eliminar o Pressuposto enganador: Não mudou nada e está tudo na mesma

Na verdade está sempre a mudar, o relógio não para, o que muitas vezes acontece é que se muda para pior ou é tão subtil a mudança que nem sempre é percetível. Lembre-se “não é hoje a mesma pessoa que começou este ano”; não tem hoje o mesmo tempo que tinha no início do ano; quer queira quer não, não vai ser a mesma pessoa no final de 2017, independentemente do que faça.

Refletir e responder a estas Perguntas Poderosas:

Não se limite a faze-las, faça melhor, escreva as respostas, seja genuíno e audaz, e escolha o que vai fazer acontecer com isso, não no dia 31 mas ao longo da sua vida.

  • O que fiz até agora que quero manter? (mudanças, conquistas, pessoas, comportamentos, etc)
  • O que correu bem este ano e quero melhorar? (praticar mais atividade física, alimentar mais a relação amorosa, ser mais empenhado em determinadas atividades, etc)
  • Que emoções estiveram mais presentes? Quais quero manter, quais quero sentir menos e quais quero sentir mais? Que emoções me tem bloqueado? Que recursos já tenho e o que preciso adquirir?

As nossas decisões moldam o nosso destino, quais vão ser as suas em 2017? Quão comprometido está em viver a 100% todos os dias?

Para mim 2017 vai ser o ano do compromisso e consistência, de garantir que todos os dias dou 100% de mim em tudo o que faço, nas sessões de Coaching Psicológico com os meus clientes, nas formações, nas relações, nos momentos de diversão, mas acima de tudo nos meus rituais de viver feliz….pois sei que não é o que vou fazer hoje em Janeiro que me vai ajudar mas sim o que vou fazer todos os dias consistentemente.

QUE 2017 SEJA UM ANO QUE INSPIRE MUITAS MUDANÇAS POSITIVAS!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *